Deputado federal Adalberto Cavalcanti ameaça dono de jornal


Ação Popular


O deputado federal Adalberto Cavalcanti ((PMB-PE) está pra lá de preocupado em tentar limitar as ações da imprensa durante o período eleitoral em Petrolina, Juazeiro e região. Ele é pré-candidato à prefeito de Petrolina e demonstra não aceitar nenhum empecilho para disputar o pleito em outubro de 2016 com seu comportamento ameaçador e autoritário deixando profissionais da imprensa preocupados.

Um dos exemplos foi a sua insatisfeito com a publicação de uma matéria destacada no Jornal Ação Popular (AP), desta terça-feira (29), referente a uma denuncia de um cidadão – que por sinal foi gravada – narrando o comportamento do deputado quando tentou impedir o estacionamento de uma carreta do deputado estadual, Odacy Amorim (PT), que tinha como objetivo atender famílias carentes no Povoado de Caboclo, Afrânio, através do ‘Projeto Mandato Cidadão”, no último domingo (27). Segundo Antonio Oliveira*, a presença da equipe se deu através da solicitação da associação do local.

Inesperadamente o proprietário do AP recebeu ligação do deputado Adalberto Cavalcanti, através do número 061-8341-0490 (Brasília, provavelmente da Câmara dos Deputados), no horário de 21:05h, fazendo ameaças com o objetivo de intimar e calar o jornal em dizer que estava entrando com dois processos processos contra o jornal.

Esta não é a primeira vez que o deputado se comporta desta maneira contra o jornal. Ainda neste ano de 2015, ele ligou para a redação fazendo graves ameaças contra o próprio jornal deixando a jornalista e a equipe de trabalho em pânico.

De a cordo levantamento do AP, esta não é a primeira vez que o deputado se comporta desta maneira na região. Nos bastidores da imprensa é grande o comentário sobre o medo do deputado ser eleito prefeito de Petrolina em 2016 com sua maneira de ser.

A Direção do AP está levando o caso ao conhecimento da Associação de Imprensa de Pernambuco (AIP), Associação Baiana de Imprensa (ABI), ABI e Ministério Público.


Marcadores: ,